FALE CONOSCO
(49) 3566.1912

PERONDI NOTÍCIAS

Acordo entre Santos Brasil e caminhoneiros põe fim a paralisação

Depois de quatro dias com seus acessos total ou parcialmente bloqueados, o Terminal de Contêineres (Tecon) do Porto de Santos voltou a receber novos caminhoneiros no fim da noite de ontem. Isso foi possível a partir de um acordo firmado entre representantes da categoria e a diretoria da Santos Brasil (administradora do terminal), depois de uma reunião ocorrida, a portas fechadas, com o Ministério Público do Estado de São Paulo, em Guarujá
Ficou decidido, entre a empresa e o Sindicato dos Transportadores Autônomos de Contêineres de Guarujá e Santos (Sindcon), que haverá fiscais nos gates (portões) de acesso ao terminal, em Vicente de Carvalho. “Vamos verificar se o atraso na entrega e na retirada da carga é culpa do Tecon”, explicou o presidente do Sindcon, José Nilton de Lima. “Se sim, ela começará a pagar as estadias com a hora adicional (após duas horas, serão cobrados R$ 45,00 a cada 60 minutos) ”, explicou.

Acordo foi feito depois da reunião com o Ministério Público Estadual, em Guarujá

O diretor operacional da Santos Brasil, Caio Morel Correa, disse, após a reunião com a promotoria do Estado, que a empresa mantém diálogo constante com os caminhoneiros para trabalharem de forma complementar. “Se constatado que a empresa não realiza as operações no tempo determinado, vamos arcar com as responsabilidades”, garantiu.

O Tecon pode receber, diariamente, 3.500 caminhões – cerca de 150 por hora. Na reunião com o MP, foi sugerida a redução diária para 2 mil – o que não foi aceito inicialmente, pois “não existe possibilidade imediata”. O terminal possui um estacionamento de apoio para 350 veículos.O vice-prefeito de Guarujá, Duíno Verri Fernandes, que também participou da reunião de ontem, disse que, quando constatada a existência de novos congestionamento, a cidade será fechada “imediatamente” a outros caminhões. “Vamos, também, passar a multar as empresas envolvidas”, garantiu. Segundo ele, o monitoramento da área portuária, “que passará por um processo de revitalização, será constante e mais rigoroso.

Promotoria

A promotora de justiça Nelisa Olivetti de França Neri de Almeida abriu processo para investigação de todo o ocorrido e comprometeu-se a convocar a Codesp, a Autoridade Portuária de Santos. O objetivo é que a estatal apresente medidas “urgentes” para a fiscalização das empresas do porto organizado (área federal), “aplicando as penalidades cabíveis”.

Fonte: Jornal A Tribuna

PERONDI NOTÍCIAS + Veja todas

TRANSPORTADORA PERONDI LTDA
MATRIZ.
RUA PAULO OGLIARI, 55 - DOIS PINHEIROS
89560-000 - VIDEIRA-SC
Tel.:(49) 3566.1912
perondi@perondi.com.br

FILIAL
AVENIDA DAS FLORES, 103 - CENTRO
84145-000 - CARAMBEÍ-PR
Tel.:(42) 3231.5903
cbi@perondi.com.br
Perondi - 28 anos
Beal Dose Design