FALE CONOSCO
(49) 3566.1912

PERONDI NOTÍCIAS

Combustíveis ficarão ainda mais caros até o fim do ano

Aumento nos custos de refino e de extração de petróleo anularam os ganhos com o último aumento dos preços da gasolina e do diesel.



Silas Colombo, repórter do Portal Transporta Brasil



O lucro de R$ 5,567 bilhões, registrado pela Petrobras no terceiro trimestre, ficou abaixo da expectativa do mercado e demonstrou que, apesar do esforço da presidente da estatal, Graça Foster, para aumentar a eficiência operacional, as contas ainda enfrentam desequilíbrio. E novo reajuste de combustível deve ocorrer até o fim do ano.



As razões da queda acentuada da produção e os aumentos das despesas da Petrobras ainda são foco das preocupações de especialistas e, agora, a expectativa é de um novo aumento de preços dos combustíveis. Passadas as eleições, especialistas acreditam em um potencial aumento nos preços dos combustíveis que pode acontecer a partir desta semana.



Analistas do banco Credit Suisse afirmam que “não há muito para gostar ou dizer” sobre o balanço, avaliando que ainda vai demorar para os gestores da Petrobras corrigirem o curso da empresa e que “os investidores estão pagando caro por isso”.



Os efeitos positivos dos aumentos de preço da gasolina e do diesel foram praticamente anulados pelo incremento dos custos de refino e de extração de petróleo, entre outros, tudo isso associado a uma queda acentuada da produção de 4% em setembro. Foram produzidos apenas 1,844 milhão de barris por dia, o pior resultado desde 2008.



Com menos petróleo produzido, o custo de extração do óleo, antes do pagamento dos royalties e da Participação Especial, subiu 15% em dólares, de US$ 13,40 por barril no segundo trimestre para US$ 15,42, no terceiro. Apesar de explicado por manutenções em alguns campos gigantes da Bacia de Campos previstas no programa de aumento da eficiência operacional (Proef), essa alta foi ajudada pelo aumento salarial.



No terceiro trimestre, a receita de vendas foi de R$ 73,79 bilhões, mas, com os preços dos combustíveis defasados, a estatal tem perdas com o crescimento das vendas, contradição provocada pelo governo ao evitar reajustes.



O diretor financeiro da Petrobras, Almir Barbassa, lembrou que a companhia prevê aumento de 15% no diesel e na gasolina em 2012 para bancar os investimentos previstos de US$ 208,7 bilhões a US$ 236,5 bilhões. E os aumentos de junho e julho, de 10% no diesel e 8% gasolina estão abaixo disso. “O nosso Plano de Negócios previa reajustes maiores do que ocorreram até agora para este ano, portanto, ainda existe espaço para uma expectativa de aumento no período”.

PERONDI NOTÍCIAS + Veja todas

TRANSPORTADORA PERONDI LTDA
MATRIZ.
RUA PAULO OGLIARI, 55 - DOIS PINHEIROS
89560-000 - VIDEIRA-SC
Tel.:(49) 3566.1912
perondi@perondi.com.br

FILIAL
AVENIDA DAS FLORES, 103 - CENTRO
84145-000 - CARAMBEÍ-PR
Tel.:(42) 3231.5903
cbi@perondi.com.br
Perondi - 28 anos
Beal Dose Design